28 de junho de 2013

Com a falta de táxis nas cidades brasileiras, empresas de aluguel de veículos ganham espaço na Copa das Confederações

Com a falta de táxis nas cidades sedes da Copa das Confederações, uma das saídas é o aluguel de carro. Fortaleza, por exemplo, registrou a maior defasagem do país em relação às frotas de táxi, ficando atrás de São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador. Segundo a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), o aeroporto da capital cearense contará com 270 táxis. Antes, eram apenas 190.

Hoje Fortaleza possui um total de 4.392 táxis para atender 2,5 milhões de pessoas. A Lei Orgânica Municipal obriga que sejam, no máximo, 500 pessoas por veículo. A média na cidade é de 558. É por isso que empresas como a Localiza rent a car, estão disponibilizando seus serviços aos turistas, garantindo o ir e vir de quem está visitando a região e pretende assistir os jogos da Copa.

Segundo a Secretaria de Estado e Turismo (Setur-CE), o número de turistas locais que estão em Fortaleza é de 61%. Os outros 35,9% são visitantes de outros Estados e, apenas 2,7%, são estrangeiros vindos de outro país como México, Estados Unidos, Espanha, Alemanha, França e Holanda.

Equipe Audi Motorsport vence as 24 Horas de Le Mans 2013 abordo do R18 e-tron



No último final de semana, foi realizada mais uma edição das 24 Horas de Le Mans, uma das provas de longa duração mais famosas do automobilismo mundial. A disputa esse ano em Le Mans foi espetacular e a Audi Motorsport conquistou sua 12ª vitória na lendária prova a bordo do moderno R18 e-tron, com o trio formado pelo dinamarquês Ton Kristensen, o escocês Allam Mcnish e o francês Loic Duval. A equipe cruzou a linha de chegada, após completar 348 voltas. Como não acontecia há muitos anos, o Brasil marcou presença nas 24 Horas de Le Mans, com Lucas Di Grassi, que correu com um Audi R18 e chegou até disputar a liderança, e conseguiu subir ao pódio, alcançando o 3º lugar. O brasileiro dividiu o volante do Audi com Marc Gene e Oliver Jarvis. O segundo representante do Brasil na prova foi Bruno Senna, porém o brasileiro não deu sorte, ele pilotava um Aston Martin Vantage V8, ainda no começo da prova (19ª volta), mas seu companheiro de equipe Frédéric Makowiecki, acabou se envolvendo em um acidente, tendo que abandar a prova. Esta foi a edição número 81 edição das 24 Horas de Le Mans, e este ano foram 4 categorias LMP1, LMP2, GTE PRO e GTE AM, totalizando 56 carros no grid.